PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

 

Bem vindo(a) ao nosso sítio na internet.

 


 

 
Monitoramento PDF Imprimir E-mail

Monitoramento e manejo de macrófitas aquáticas em reservatórios tropicais brasileiros

 Agora em março de 2017 será lançado o livro Monitoramento e manejo de macrófitas aquáticas em reservatórios tropicais brasileiros, IB/USP Editora, de autoria de Marcelo Pompêo. O  livro poderá ser acessado apenas no formato digital e baixado livremente e gratuitamente: 

Baixe o livro aqui.

 

 
reservatórios PDF Imprimir E-mail

Ecologia de reservatórios e interfaces

Livro organizado pelos grupos de pesquisa dos Laboratórios de Limnologia, do Departamento de Ecologia, do Instituto de Biociências, da Universidade de São Paulo e da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Sorocaba (Brasil).

Baixe o livro aqui.

 
ter Steege et al. 2013. Hyperdominance in the Amazonian Tree Flora. Science, 342 PDF Imprimir E-mail

Poucas espécies de árvores dominam a flora amazônica

Em análise inédita da flora amazônica uma rede internacional de pesquisadores descobriu que metade das árvores da região pertencem a apenas 1,4% do total de espécies.

Um dos autores é Alexandre Adalardo de Oliveira, professor da PG-Ecologia da USP.

 

 
questões de pesquisa PDF Imprimir E-mail

Publicar resultados negativos?

Duas iniciativas para publicar refutações de hipóteses e discutir o tema:

 

 

 
Águas Futuras PDF Imprimir E-mail

Modelo para o Sistema Cantareira

Professores do PPG-Ecologia desenvolveram um modelo matemático para descrever as flutuações de volume no Sistema Cantareira. O primeiro resultado desta pesquisa é o sítio Águas Futuras, que  publica projeções para até 30 dias.

Os autores são Roberto Kraenkel e Paulo Inácio Prado, orientadores do PPG-Eco, e Renato Coutinho, professor convidado.

 
Avaliação trienal PDF Imprimir E-mail

Temos conceito 6 da CAPES

O Programa de de Pós-Graduação em Ecologia da USP recebeu conceito 6 na avaliação trienal da CAPES.

Com isso ingressamos no grupo dos 12% dos cursos no Brasil com padrão internacional. O IB USP é um dos poucos institutos do Brasil que tem todos os seus programas na área de biodiversidade com esse padrão.

Outros seis programas de Ecologia também subiram para conceito 6. Os dois programas que já tinham conceito 6 e o único que tinha conceito 7 (UNICAMP) mantiveram sua avaliação.

 

Veja mais na página da avaliação trienal da CAPES.

 

 
Quental & Marshall 2013. How the Red Queen Drives Terrestrial Mammals to Extinction. Science PDF Imprimir E-mail

Rainha vermelha e a extinção de mamíferos

Há linhagens de mamíferos que extinguiram-se ou estão em declínio porque o ambiente mudou mais rápido do que a evolução de adaptações às novas condições. É uma demonstração da hipótese da Rainha Vermelha, publicado por Tiago Quental (professor da PG-Ecologia USP) e Charles Marshall (UC Bekeley) na revista Science.

 
Laporta et al. 2013. Biodiversity Can Help Prevent Malaria Outbreaks in Tropical Forests.PLoS NTD PDF Imprimir E-mail

Biodiversidade x malária

Um novo modelo matemático prevê que o risco de epidemia de malária cai com aumento de espécies mosquitos competidores do vetor. Populações pequenas em florestas com alta diversidade de mosquitos estariam mais protegidas, como parece ser o caso de uma aldeia indígena no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, SP.

Entre os autores estão Paulo Inácio Prado (IBUSP) e Roberto Kraenkel (IFT-UNESP), professores da PG-Ecologia da USP.

O artigo foi publicado na PLOS Neglected Tropical Diseases e está entre os 5 mais acessados da revista no ano.

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Pesquisar

Quem está online

Nós temos 5 visitantes online

Notícias FAPESP

Por favor, torne o diretório de cache editável

View My Stats