Comunidades - Macrófitas Aquáticas


Habitats e tipos ecológicos

As macrófitas aquáticas podem ser encontradas nas margens e áreas rasas de rios, lagos, reservatórios e cachoeiras, fitotelmos, entre outros corpos de água. Quando a luz atinge o fundo do corpo d’água, podem se desenvolver em grandes bancos a mais de 10 m de profundidade.

Independente de aspectos taxonômicos, diferentes grupos de macrófitas aquáticas são reconhecidos. Os grupos ecológicos comumente aceitos são:

  • emersas: plantas enraizadas no sedimento com folhas acima da lâmina de água, como Echinochloa, Typha, etc.;
  • flutuantes: plantas que se desenvolvem flutuando livremente no espelho de água, como Limnobium, Lemna, etc;
  • submersas enraizadas: plantas enraizadas crescendo submersas, como Vallisneria, Nitella, etc;
  • submersas livre: plantas com raízes pouco desenvolvidas, flutuando submersas em águas tranqüilas, como Utricularia;
  • com folhas flutuantes: plantas enraizadas com folhas flutuando na lâmina d’água, como Nymphoides, etc.

Do ponto de vista taxonômico 42 famílias de dicotiledôneas, 30 de monocotiledôneas, 17 de briófitas e 6 de pteridófitas apresentam exemplares de plantas aquáticas.

Lago das Nymphaeas, Jardim Botânico, SP