Imprimir

Sensoriamento Remoto

A linha de pesquisa “Sensoriamento remoto aplicado à Ecologia” teve início no Depto de Ecologia em junho de 1986, sempre sob a responsabilidade da Dra. Marisa Dantas Bitencourt (que antes de 1994 assinava Marisa Dantas Bitencourt Pereira). A disciplina BIE 426 vem sendo ministrada desde 1987. Desde 1995, a disciplina BIE 5759 vem sendo ministrada na pós-graduação do departamento. Em 1995 esta linha passou a tomar parte do LEPaC e o espectro de atuação se expandiu para várias temáticas. A parceria com a Faculdade de Saúde Pública da USP (Depto de Epidemiologia), que teve início em 1996, tem gerados muitos frutos na área de “Epidemiologia Paisagística”. De 1999 à 2003 o tema conservação do Cerrado do estado de São Paulo foi premiada com um projeto temático, dentro do Programa BIOTA/FAPESP, que tem gerado muitos frutos. Desde 2004 estamos atuando na área de “Espectroradiometria”, inicialmente com macrófitas aquáticas em parceria com a SABESP, a Universidade de Edimburgo, e o Laboratório de Anatomia do Depto de Botânica e o LabLimno do Depto de Ecologia, os dois últimos  do IB. Esta linha está em franca expansão com equipamentos novos (financiamento FAPESP). Uma parceria com o Instituto de Botânica/SMA tem permitido o desenvolvimento de projetos na área de “Ecologia de trilhas” em unidades de conservação. Muitos alunos de graduação e pós estão envolvidos.